Como mulheres sentem orgasmos

Oi Lasciva,

Uma dúvida que me pegou um dia desses… sobre os orgasmos das mulheres.

Então Freud vem e classifica as mulheres que têm orgasmos clitorianos como aquelas que ainda não largaram a infância e as que tem orgasmos vaginais, como maduras. Aí eu paro e me pergunto: quantas vezes Freud já deu a buceta para vir me falar de orgasmos femininos?

Conversando com minha namorada, ela me disse que só sente orgasmos clitorianos. Pra nós, homens, com o ego do tamanho de um zeppelin, é a deixa para pensar: ’vou cortar meu pinto fora e conseguir uma língua nova’.

Mas eu, no fundo, não acredito muito nessa distinção de orgasmos. E queria perguntar: Você sente orgasmos diferentes quando se masturba estimulando unicamente o clitóris e quando tem penetração? Qual veio primeiro? Qual o melhor?

Beijos!

Saulo.

 


 

Oi Saulo,

A verdade é que somos todas muito diferentes e cada uma possui preferências distintas. Só a sua mulher poderá dizer como ela sente mais prazer.


Muitas mulheres são como eu e a sua namorada e sentem apenas orgasmos clitorianos. Na verdade, em algumas situações muito específicas já gozei sem estimular o clitóris. Lembro de um dia em que, durante o papai-e-mamãe, o rapaz colocou o dedo por trás, bem devagar. Vi estrelas. Uma vez, tive um orgasmo só de esfregar o pênis super lubrificado nos meus mamilos. Acontece, mas no meu caso é extremamente raro.

De fato, diversas mulheres sentem orgasmos vaginais, com penetração, principalmente com a estimulação do ponto G. Dizem que o orgasmo vaginal é mais intenso, causa ondas, tranquiliza. Para mim, é complicado opinar a esse respeito. Ser penetrada potencializa muito o prazer, mas mesmo assim preciso de estimulação frontal para chegar ao orgasmo. Ou seja: é mais gostoso com penetração, mas sem estimular o clitóris dificilmente conseguirei gozar.

As ocasiões em que cheguei ao clímax sem necessidade de bolinar o clitóris são tão raras que é difícil descrever. Como quando tive squirts – foi tão inédito e surpreendente, que nem entendi direito como funcionava. Depois até voltei à casa do rapaz responsável por tal proeza, querendo reproduzir a experiência, para entender melhor. Não deu certo.

Posso certificar que o orgasmo clitoriano é mais fácil de ser alcançado, pois não há muito mistério. E posso afirmar também que os tais orgasmos vaginais existem. E uma das maneiras de obter tal orgasmo é com a estimulação do ponto G, que é possível de atingir com a inserção dos dedos no canal da pussy, fazendo sinal de “vem cá”. Outros estímulos nesse momento – um belo beijo grego, por exemplo – contribuem muito para potencializar o prazer. Mas isso não quer dizer que o clitóris estará fora da jogada. Basta imaginar que o clitóris é um órgão  voltado exclusivamente para o prazer da mulher, muito maior do que um pequeno botãozinho externo. A imagem abaixo é uma ilustração do seu formato interno, quando ereto. Olha que grande!


Este vídeo descreve bem as partes desse órgão excepcional:



É sempre bom lembrar que todo o corpo é uma grande zona erógena para ser explorada
– que vai muito além dos órgãos sexuais. Mãos, pés, nuca, orelha, até a dobra das pernas causam um prazer enorme, quando estimulados. Algumas mulheres, como eu, têm os seios tão sensíveis que são capazes de alcançar o orgasmo só com a estimulação dos mamilos.

Espero contribuir de alguma forma na busca de respostas para uma dúvida tão complexa. As garotas podem ajudar também, contando nos comentários como sentem orgasmo.

Obrigada pela questão,

besos.

188 Comentários. Polemize.

Deixe uma resposta